Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

13
Mar18

Fresh Table : Um Brunch Para os Amigos Sem Trabalho!

Ana Gomes

CD857C29-4179-4CEB-B39B-C79D6F27F221.jpeg

Falar de Brunch quando a semana ainda não vai a meio é muito mau?

Espero que não porque é mesmo isso que vou fazer hoje! ahahah

Já vos tinha "aberto o apetite" entre instagram e instastories mas recebi tantas mensagens que fazia todo o sentido avançar com um post sobre isto.

Adoro receber pessoas em casa e essa é uma das principais vantagens de ter mudado de casa. Tenho finalmente espaço e condições para receber os meus amigos e família a qualquer dia e hora! E se há muitos momentos em que se improvisa qualquer coisa rapidamente... outros há ( como foi o caso deste brunch ) em que planeamos uma coisa mais elaborada.

O pequeno-almoço é a minha refeição preferida do dia, mas ninguém merece ser convidado para estar em casa de ninguém super cedo ao fim de semana. Assim marquei um brunch com vários amigos - marcado para as 12h - e simplifiquei tudinho com a Fresh Table. O serviço funciona como qualquer outro serviço de catering! Enviamos um email e iniciamos o processo... o serviço é direccionado para um numero mínimo de 10 pessoas e tem um valor estipulado por pessoa que varia consoante os menus.

Informei que não comia carne nem peixe ( sendo que sublinhei que era a única esquisitinha do grupo ) e chegámos finalmente a um menu em que todos teriam opções! Ovos mexidos, muffins, bolinhos de cenoura, iogurtes com granola, somos naturais, queijos e carnes frias, batidos vitaminados, croiassants, pãezinhos verdes, espetadinhas de frutas e umas tostinhas com espuma de queijo e salmão ( algumas das tostinhas não tinham salmão ). A decoração também ficou a cargo da Fresh Table - só dei a indicação do que gostaria. 

Uma das coisas que mais gostei no serviço - e que me dá ainda mais vontade de partilhar - foi aquele momento em que numa das trocas de e-mail expliquei que a ideia de ter "shots" de bebidas e "tacinhas" de ovos não me agradava já que achava que neste tipo de situações não há necessidade de se usar tantos recipientes de plástico. Afinal de contas estamos em casa e eu tinha loiça que poderia utilizar. Ao que me respondem que também têm um posicionamento ecológico e que todos os recipientes que usam são de vidro ou loiça. Música para os meus ouvidos :) Venham de lá os shots e as tacinhas! 

Para além de estar tudo realmente delicioso e muito bonito, nem eu nem os convidados tivemos de nos preocupar com NADA! Eles cozinham, montam a mesa, fazem reposição da comida e no final ainda arrumam tudo! O serviço pressupõe que fiquem em nossa casa o tempo todo para que possamos aproveitar sem estar minimamente preocupados com nada que diga respeito à refeição. 

 

Correu tudo tão bem... que os meus amigos chegaram pelo meio dia e não se foram embora antes da meia noite!! Acabámos por ficar na conversa, super tranquilos e ainda fomos todos para cozinha ao final da tarde improvisar um jantar. Adorei a experiência e ficámos de repetir em breve. E eu disponibilizo a minha casa - claro - porque no final não tive MESMO trabalho nenhum. 

6026A6E7-ED54-47F3-933D-96BB6AF8ECA2.jpeg

 

BBB684C4-A36F-46D5-B29B-C3A00E7D6071.jpeg

 

6FB556D6-0D15-4854-A1A7-3EC24A396ABF.jpeg

 

8C7E3383-51F9-425F-881A-AFDF29DA30D6.jpeg

 

43C909FC-1B03-4F96-90A6-027012EC4C0E.jpeg

A Fresh Table presta outro tipo de serviços no que ao catering diz respeito... não se ficam pelos Brunches :) Podem recolher mais informações em qualquer uma destas plataformas: 

 

Contacto de email : info.freshtable@gmail.com

Facebook 

Site

Instagram

 

 

27
Fev18

Pasta Non Basta - Não Basta Não!

Ana Gomes

 

_1450824.jpg

Não me canso de dizer que Lisboa está a ficar um pequeno sonho de sitios para ir e visitar. 

Desde museus, lojas, espaços ao ar livre até à imensa variedade de restaurantes que abrem semana sim semana não. Torna-se praticamente impossível fazer um "check" a todos os sitios onde - aparentemente - vale a pena ir. Mas... vamos fazendo um esforço ahaha. 

 

Já tinha ouvido falar - muito e bem - do Pasta Non Basta mas confesso que por ficar fora da minha rota de passagem habitual nunca tinha pensado "vamos lá amanhã". Até que comecei a ver por estas redes sociais fora várias referências, fotos que revelavam uma decoração mesmo gira - adoro a ideia dos cartazes colados sobre um fundo de metal que dão um ar super urbano. E para ser sincera ter descoberto que este restaurante faz parte do grupo de um dos meus restaurante referência na capital - o Este Oeste - passaram a ser argumentos para uma visita obrigatória. 

 

E senhores... de facto Pasta Non Basta porque há um menu tão apetitoso que é mandatório pedir para partilhar e escolher uma companhia com quem se possam lambuzar à vontade. No dia do meu almoço pedimos vários pratos diferentes e acabei por terminar a refeição com uma ( ok... duas... ) fatias de pizza de trufa (Tartufo) . Que sonho... Há vários pratos vegetarianos - incluido uma lasanha muito saborosa e um prato que acabou por ser cobiçado por todos : uma Cianfotta Napoletana.

 

Vão que não se arrependem! Ainda por cima agora há uma nova morade em Lisboa nas Avenidas Novas.

 

Moradas e Contactos :

 

Pasta Non Basta

Avenida Elias Garcia, 180 B, Lisboa
Ligar 21 797 9214
 
Pasta Non Basta 
RUA MARQUESA DE ALORNA 17 B
215 846 772‬
 

 

 

 

_1450833.jpg

 

_1450899.jpg

 

 

 

08
Jan18

Mercado - Simply Portuguese.

Ana Gomes

475CE67A-8075-4E70-9989-BF65FB3C1BDE.jpeg

Sabem que não perco uma oportunidade para conhecer restaurantes, cafés e bares. 

Se há eu quero conhecer. Primeiro porque gosto naturalmente e depois porque muitas vezes acabo por ter de sugerir restaurantes a várias pessoas. 

E claro que só falo com conhecimento de causa ehehe. 

Ainda antes do Natal marcámos um "girls lunch" no Mercado - Simply Portuguese que fica mesmo em frente ao Miradouro de São Pedro de Alcântra no Bairro Alto e é perfeito para quem faz refeições fora de horas! Funciona num horário muito alargado servindo refeições entre as 10h e as 24h TODOS os dias. Ou seja... é possível almoçar às 16h se assim entenderem. 

O espaço é dividido em duas "zonas" a parte do restaurante - com a cozinha aberta e bem visivel para nós - e a parte da cafetaria onde é possível tomar pequeno-almoço ou lanchar ( tem uma vasta montra de doces e salgados para além das bebidas normais ). 

A carta é composta por pratos tipicamente portugueses trabalhados pelo Chef Miguel Castro Silva e se os enchidos sorriem em vários pratos fiquem sabendo que existem deliciosas opções vegetarianas - provei uma salada de queijo de cabra, tomate e alcachofra MARAVILHOSA e um Á Brás de Legumes.

 

O menu é mesmo variado e há opções para todos ( carteiras e gostos ). Atendendo à localização e ao horário alargado ficou num dos meus tops de recomendações! 

 

 

E323F24A-F984-4304-9362-066D429DD0B5.jpeg

 

3BDEB6F4-C96F-4F39-8497-891650A0F1CA.jpeg

 

5ED1CEF3-737A-4BFC-B09C-D5A6A9067EAC.jpeg

 

684533A7-7599-4796-B39F-79F59FE1B573.jpeg

 

35F85CF3-2DE2-454D-BF16-5AED2E716EB4.jpeg

 

13B24437-6260-481C-A46C-B713726DC0E3.jpeg

 

0EB1F5C5-8517-4DB0-88BE-113F83D9A6AF.jpeg

 

 

 

C41BF5AA-0BA1-40D7-A473-CC87E5E8940E.jpeg36474CBF-AD31-4AE7-BDF7-4CF3F4CE861C.jpeg

Rua São Pedro de Alcântara, 33

Horário: Segunda a Domingo das 10h00 às 00h00

Facebook : Mercado Simply Portuguese.

Contacto Para Reservas :+351 914290018 

07
Dez17

A Lisboa cada dia mais bonita - Benamôr.

Ana Gomes

9031BD11-2CF8-4C62-8C50-37F3D4A36C72.jpeg

Lisboa está incrível.

Correcção - Lisboa sempre foi incrível.  Mas a verdade é que se tem sabido elevar e aproveitar esta vaga de turismo. Pôs-se - ainda - mais bonita. Um banho de frescura, novos adornos, orgulho nas zonas antigas e muitos sítios giros para visitar. 

Eu amo Lisboa. Sou daquelas alfacinhas que se comovem ao ver o rio. Que sente falta dos sítios de sempre, que quer ir comer castanhas no Baixa e beber um café à pastelaria do bairro. Gosto do barulho do eléctrico, gosto do amolador, gosto das velhotas  às janelas e - ao contrário do que seria de esperar - até gosto da vaga de turismo. É como se de repente a minha casa estivesse cheia de gente! E todos sabemos o que acontece quando recebemos alguém em casa : escolhemos o melhor vinho, damos uma arrumadela, acendemos umas velas e queremos que esteja tudo perfeito. 

É um bocadinho assim que vejo Lisboa nos últimos tempos. Tem pontos negativos? Com toda a certeza. Mas quero-me focar nos positivos! 

 

Acho que as obras do Terreiro do Paço ficaram um sonho. Um gigante postal de prata que faz com que aquela praça monumental desagúe no Tejo mais bonito do mundo. 

 

E é no reabilitado Campo Das Cebolas que a Benamor - marca portuguesa que nasceu no Campo Grande - abriu a sua loja em nome próprio. Tão bonita, tão delicada e tão cheirosa. É mesmo paragem obrigatória. Vale a pena a visita - pela beleza do espaço e pela qualidade intemporal dos produtos - mas também pelas colaborações que terão continuamente com outras marcas nacionais. 

 

7C9C15FF-34A6-445C-8559-BE3CB62342F5.jpeg

 

4298E9DD-EE64-4005-A1D3-058A34C0398B.jpeg

 

3AAFD7EE-6B74-4335-B4C7-1CB65C384DA7.jpeg

 

9F707757-B212-43AE-9548-0671C2A88514.jpeg

 

 

 

1C461662-C46C-485B-BBB8-67FDFD9464C2.jpeg

 

 
Benamôr 
Rua dos Bacalhoeiros, 20A
Lisboa
@benamor1925
 
21 800 3037
20
Out17

Segundo Muelle - Do Peru para o Cais do Sodré.

Ana Gomes

EED009B6-90A6-4A61-8149-7DE252FE763A.jpeg

 

Cada vez mais os sabores de outros países fazem parte da oferta gastronómica Lisboeta. 

 

Isso não quer dizer que não se coma boa comida portuguesa - nada disso - quer dizer que estamos cada vez mais receptivos a novos sabores, combinações e propostas. 

 

E quando o Segundo Muele abriu em Lisboa fui logo la almoçar. Na altura estava gravida e fui num almoço rápido entre trabalhos por isso não tive tempo - nem margem - para experimentar o que mais queria : os ceviches. 

 

AF7FC373-85A2-438A-B770-98B1995B69B1.jpeg

 

Agora que já não tenho restrições de maior - nem pressas. Combinei voltar la com a minha prima para pormos a conversa em dia e provar alguns pratos. 

 

Foi um almoço daqueles bons... bem demorados. Em que começamos por pedir um chá frio e uma agua com gás... e terminámos a beber um pisco sour ( delicioso ). 

 

Desde a ultima vez que l tinha ido ate esta visita ouvi falar varias vezes dos risotos e quinotos e aceitamos a sugestão de pedir um como prato principal para dividir : incrivelmente bom. 

 

A raiz do menu é a comida peruana mas as influencias chegam de todo o mundo : África, China, Itália, Espanha e Japão. 

 

Almoçámos mesmo muito bem. Os sabores são fortes, frescos e há opções para todos os gostos! Mais ou menos picante, cozinhado ou "marinado", comida nativa ou de fusão. 

 

Acresce a tudo isto o espaço ser amplo e ter uma decoração mesmo bonita. Funciona tanto para uma refeição mais intimista como para juntar alguns amigos e conversar numa boa mesa. Sim... quanto mais crescemos mais percebemos que vale a pena investir numa boa refeição mesmo quando é para juntar a malta de sempre :) Ainda para mais fica numa zona maravilhosa, na Praça D. Luís I / junto ao Mercado da Ribeira. 

 

Prontos para ficar com agua na boca?

  

F0726DFF-56E0-4FFB-90FD-4EF623804FAA.jpeg

 

 

 

F2AF274C-834F-4C28-9A0B-FA3DCF7884CB.jpeg

 

43CBC7DC-6133-47D4-9479-31221C17ACD3.jpeg

 

1A84C166-40B7-49BB-BF10-948B5ED303F0.jpeg

 

C2651933-E93E-4D37-9875-2BB6F3B3CB57.jpeg

 

Podem consultar o menu neste link http://bit.ly/2chrdsd . 

 

Morada >
 
Praça D. Luis I, Nº 30, loja 4b
Lisboa
 
Contacto : 931 169 158
 

 

13
Out17

Club Life To Go - a morada Lisboeta da comida funcional.

Ana Gomes

DSCF4847_preview.jpeg

Quero muito - e cada vez - responder às vossas perguntas de "onde ir jantar, almoçar, lanchar, namorar.... em Lisboa". 

E quero-vos responder a essa pergunta com este tipo de posts : eu fui, experimentei e adorei! 

E neste caso em particular do Club Life To Go senti-me realmente satisfeita por compreender que já não há medo em apostar neste tipo de projectos em Portugal. É que este restaurante / grab and go tem uma oferta super variada de receitas sendo que naquela cozinha não entram açucares refinados, gluten ou leite : a lactose só existe nos queijos que são ingrediente em algumas receitas. Todas as propostas são de comida funcional : que é riquíssima em nutrientes e muito saciante. Não se preocupem se as doses vos parecerem pequenas, nem vale a pena encher o tabuleiro, bom... na verdade vale, para que possam experimentar vários pratos, mas não necessitam de o fazer sob o ponto de vista da saciedade. 

Este conceito veio do Brasil - em que estas preocupações alimentares estão na ordem do dia - e encontrou a sua primeira morada na Avenida Elias Garcia. Da minha parte só quero que comecem a crescer rapidamente por esta Lisboa fora. É tudo "do bem" e tudo muitoooo bom! 

Já passou uma semana e ainda sonho com aquela Coxinha Vegana feita com batata doce e cogumelos trufados. 

 

Ah... um conselho final : nunca provem a versão Club Life To Go do "Snickers". Nunca mesmo. 

Ou então provem e depois nunca mais consigam pensar noutro chocolate na vida. 

 

DSCF4826_preview-2.jpeg

 

DSCF4831_preview.jpeg

 

DSCF4834_preview-2.jpeg

 

DSCF4840_preview.jpeg

 

DSCF4842_preview-2.jpeg

 

Mais infos no Facebook do Club Life To Go. 

 

Av Elias Garcia 84 A
Lisboa

 

 

12
Out17

Destino : Covilhã - Lifestyle Weekend @ Puralã.

Ana Gomes

Já estou há muito tempo em Lisboa, não é ? 

Como já referi as viagens para fora de Portugal com a Vi ainda são algo distante e por isso : vamos dando umas voltas por cá! 

Claro que as idas ao Oeste não contam - estamos em casa - e já temos destino em Outubro : vamos até à Covilhã participar num fim de semana de Lifestyle no Puralã - um hotel completamente inserido nas produções locais  (lã) e com uma decoração adaptada a esse conceito : espreitem o site.  

Sabiam que a Covilhã tem uma presença fortíssima de "street art" ?! Eu não fazia a mínima ideia mas parece que não faltam murais de vários artistas incluindo o VHILS. 

 

Captura de ecrã 2017-10-12, às 13.48.52.png

 

O hotel tem uma série de conceitos pensados para vários tipos de viajantes (grupos, a dois, sozinho) e no fim-de-semana de 27 a 29 preparou um programa que pretende enaltecer a cultura da região, aqui fica a descrição de propostas : 

 

LIFESTYLE WEEKEND 

Durante o fim de semana de 27 a 29 de outubro o Puralã Wool Valley Hotel & Spa vai organizar um fim de semana dedicado ao lifestyle: - Lifestyle Weekend. Este será o primeiro de vários fins de semana dedicados à cultura, moda e gastronomia, que procuram promover a cultura regional. 

Este primeiro fim de semana tem como principal tema o lanifício e a moda, dois temas lifestyle que se complementam na perfeição. 

No dia 27 de outubro o fim de semana começa com um jantar de degustação da nova carta outono/inverno assinada pelo chef Hélder Bernardino, onde os hóspedes poderão degustar as novas criações do chef, acompanhadas pelos melhores vinhos da região. Após o jantar segue-se o desfile de apresentação da coleção outono/inverno do Amor, marca da autoria de Catarina Lopes, em parceria com a marca de lãs Tricots Brancal. Catarina Lopes apresenta peças em lã desenhadas para tornar os dias frios de inverno mais stylish e aconchegantes. No sábado, dia 28 de outubro, realiza-se uma visita ao Museu dos Lanifícios e ao spot New Hand Lab, lugares que prometem oferecer uma experiência histórica e artística inigualável. O fim de semana lifestyle termina no dia 29 de outubro, com um mercado onde será possível adquirir as peças desfiladas e outras peças de autores nacionais e locais.  

Esta iniciativa tem como objetivo promover e valorizar a cultura regional associada ao lanifício e oferecer uma verdadeira experiência lifestyle aos hóspedes. 

 

 

Caso queiram tentar a vossa sorte e ganhar uma estadia neste fim-de-semana podem - até dia 16 de Outubro - e ao fazer compras a partir de 20€ nas lojas de Tricots Brancal habilitar-se a um cupão que será sorteado. Existem lojas em todo o país por isso .... Boa Sorte!! 

PASSATEMPO TRICOTS BRANCAL

Até ao dia 16 de outubro estará a decorrer um passatempo promovido pela Tricots Brancal em parceria com o Puralã, que visa sortear pacotes promocionais Weekend Lifestyle para que os participantes possam ganhar estada no fim de semana.

Mecânica do passatempo: por cada 20,00€ em compras nas lojas Tricots Brancal é entregue um cupão ao cliente. Estarão disponíveis para atribuição 6000 cupões numerados. Os cupões que contenham os últimos 3 dígitos do número premiado (1º Lugar) da Lotaria Nacional ganham uma estadia no fim de semana lifestyle. Estes Vouchers serão entregues até ao dia 16/10, dia do sorteio.

A marca Tricots Brancal tem lojas por todo o país, nomeadamente em Lisboa, Oeiras, Almada, Loures, Setúbal, Barreiro, Cascais, Aveiro, Braga, Barcelos, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Coimbra, Leiria, Porto, Matosinhos, Santo Tirso, Vila Real, Viseu, Gaia.

 

 

03
Out17

Oh Breakfast, Dear Breakfast.

Ana Gomes

B196B493-C409-4DDD-842B-3894F3DC6A58.jpeg

  Sou e serei uma eterna apaixonada por Lisboa. 

  A minha cidade está a fervilhar de sítios giros e "a visitar". Talvez agora que me afastei um pouco mais do centro seja engraçado ter inúmeros motivos para voltar. 

E foi esse o plano de domingo, acordar sem pressas e chegar a tempo de tomar o pequeno-almoço. Aqui há truque, já que no Dear Breakfast o meu sonho mais antigo se cumpre: esta refeição divina pode ser tomada a qualquer hora do dia. O espaço é muito giro : galerias brancas, com mobiliário azul e mármore, muitas plantas e boas revistas. 

Perante um menu cheio de sugestões tentadoras optámos por experimentar o menu Brunch ( 14€ ) - duas tostas, 1 croissant, doce e manteiga, 2 ovos a gosto- escolhemos escalfados - , café ou chá, e uma taça de fruta ( que também poderia ser um smoothie ou um sumo de laranja . Acrescentei um Matcha Cha Latté com leite de amêndoa que merece 5 estrelas : sabor e texturas perfeitos! 

Ficámos satisfeitos com a nossa opção - apresentação e sabor no ponto, os croiassants já tinham terminado e trouxeram-nos um brioche com chocolate, não foi problemático :)  Maaaaaaaas... à medida que os pratos iam chegando às outras mesas sentíamos um pedacinho de arrependimento por não termos escolhido outras coisas : nem quis acreditar quando chegou à mesa do lado uma tosta de abacate com tomate. Se isto quer dizer que o Brunch é mau? Nada disso! Quer apenas dizer que escolher é mesmo complicado. 

 

Sempre que encontro um destes lugares volto a Bali. Na minha viagem desejei muito que este tipo de espaços abrissem em Portugal e fico verdadeiramente satisfeita por entender que a escolha tem aumentando bastante! 

 

O Dear Breakfast ficou na minha lista e vou - com toda a certeza - voltar. 

 

 

739BE436-E875-49D9-A105-63BD6669645A.jpeg

 

06B292F7-7F24-4B34-B5A2-0EE21C879051.jpeg

 

12A8F4DA-EDBD-4E20-BE5A-7925A3CBA7AC.jpeg

 

16AD091F-BDA0-4645-8F9C-CD9CB6039A39.jpeg

 

2026AE2C-2078-498D-B39A-DF116C111687.jpeg89867EA7-4F37-441E-955D-67113219BEB4.jpeg

 Dear Breakfast 

Facebook 

Rua Das Gaivotas, 17 Lisboa

Encerra às Segundas-Feiras. 

20
Set17

Fim-de-Semana São Pedro do Sul - Termas Centro.

Ana Gomes

A semana já vai a meio - e está a ser bem intensa e com muitas novidades - mas a memória do fim-de-semana ainda anda por aqui.

IMG_5790.JPG

 

IMG_5662.JPG

 

<

IMG_5638.JPG

 

IMG_5643.JPG

 

IMG_5645.JPG

 

IMG_5649.JPG

 

IMG_5652.JPG

 

IMG_5665.JPG

 

p>A memória... e a mala por arrumar ahaha.

Como partilhei convosco na Sexta-Feira, fui até São Pedro do Sul! Tinha lá estado há uns anos e a sensação e ideia que tinha mantiveram-se : paz, muito verde, cenários bonitos e ... termas! :) Desta vez fiquei no Hotel do Inatel - que é um palácio lindíssimo - e pude aproveitar algumas das iniciativas que estavam a acontecer ali no centrinho da vila, promovidas pelo projecto Termas Centro. É mesmo engraçado ver este dinamismo e a vontade de fazer alguma coisa acontecer, desde concertos, teatro de rua, jogos tradicionais, caminhadas, visitas guiadas, showcooking ou barraquinhas que vendiam produtos da região enfim... uma panóplia de actividades que complementavam as opções normais de quem visita estes locais. 

 

Acabei por fazer algumas compras - guilty- sobretudo de produtos regionais : a broa de lá é qualquer coisa do outro mundo. 

 

E claro que aproveitei as termas : fiz uma massagem de corpo inteiro com duche vichy e uma massagem ao rosto. 

 

A amplitude térmica desta zona do país é gigante! Chegámos e estava bastante frio - a Vitória até acordou meia constipada - e depois de almoço fomos beber café à beira da piscina tal era o calor que fazia :) Aproveitei para ler, para aproveitar a minha bebé sem o stress e a correria do dia-a-dia e ainda fiz duas boas caminhadas pelo meio daquelas paisagens bem verdinhas. Acabei por fazer as refeições todas no hotel - por isso não vos posso recomendar nenhum restaurante para aqueles lados! A recomendação que não posso mesmo deixar de fazer é que investiguem os benefícios dos tratamentos com águas termais e se aventurem por estas alternativas :) Trouxe comigo três produtos da marca das termas de São Pedro do Sul - a AQUA - que já tinha conhecido na minha ultima visita mas que na altura ainda não tinham sido lançados. Já ouviram falar? Tem mesmo muito boa reputação! 

 

<

IMG_5741.JPG

 

IMG_5742.JPG

 

p>Aproveito para agradecer publicamente a ternura das pessoas. No pequeno-almoço, uma senhora muito querida com duas crianças ternurentas, foi ver a Vitória no carrinho e quando desabafei a minha preocupação por sentir que ela estava constipada e que talvez fosse melhor levá-la ao pediatra.... se prontificou a falar com o Pai que estava hospedado no hotel e que era pediatra. Ele foi super simpático, auscultou-a, descansou-me e "guiou-me" na forma de tratar dela.

Eu não faria diferente. Mas não deixo de sorrir quando vejo que ainda há pessoas prestáveis, e preocupadas. <3 

 

Para mais informações sobre estâncias termais em Portugal consultem o site da Termas Centro. 

 

 

 

 

04
Jul17

Weekend Getaway : Aqua Village - Health Resort & Spa.

Ana Gomes

Fizemos recentemente a nossa primeira viagem / fim-de-semana a três. 

Estava muito feliz com a ideia e super ansiosa para gerir toda a logística. Afinal de contas adoro conhecer sítios novos, passear e aproveitar os dias... e não estava muito certa de como poderia voltar a fazer isso depois da Vitória nascer. 

O nosso foco nos primeiros tempos serão as viagens dentro de Portugal ( e há tanto para fazer e descobrir ) e começámos já no mês de Junho. 

 

O destino? Bom... foi um pouco "fora" do óbvio. Geralmente escolhemos a Costa Vicentina, o Algarve ou o Porto mas desta vez fomos para o interior e foi uma maravilhosa surpresa! Já tinha ouvido falar do Aqua Village - essencialmente por partilhas nas redes sociais do projecto e da imagem destas "gotas" suspensas - e foi uma óptima confirmação daquilo que esperava : um sitio incrível. 

IMG_1836.JPG

Foi MESMO aquilo que estávamos a precisar. No meio da natureza, com uma calma incrível, piscina, praia fluvial, muita sombra para podermos aproveitar o espaço exterior com a Vitória e um quarto/apartamento que nos permitiu fazer uma refeição em "casa". A cereja no topo do bolo? Uma varanda com esta vista e uma banheira de hidromassagem que não podia estar em melhor lugar. 

Foram dois dias de muito namoro com a pequenina. Os 3, sem planos, sem pressas, sem combinações e sem horários! Acordar cedo e aproveitar o mega pequeno-almoço do hotel, voltar ao quarto para dormitar, ler um bocadinho, dar um mergulho na piscina, fazer boas sestas! 

No Sábado ainda tive a sorte de ir a um arraial de São João em Oliveira do Hospital. 

Lá porque decidimos não fazer grande coisa, não faltam sitios para visitar por ali! As paisagens são muito bonitas e as praias fluviais com cascatas são um postal que o turismo de Portugal devia explorar! 

 

Podem consultar o site do Aqua Village Health Resort & Spa para mais informações. Falaram-me maravilhas do Spa ( só utilizámos a piscina exterior de água quente ) e segundo consta o restaurante do hotel é mesmo muito bom ( foi-nos recomendado por várias pessoas quando pedimos indicação de um sitio para jantar na zona ). 

Deixo-vos o link para um pequeno vídeo do quarto que fiz à chegada e algumas fotos que tirámos por lá:

 

IMG_1861.JPG

 

IMG_1884.JPG

 

IMG_1886.JPG

 

IMG_1932.JPG

 

IMG_1940.JPG

 

IMG_1975.JPG

 

 

 

 

IMG_1827.JPG

 

IMG_1831.JPG

 

IMG_1832.JPG

IMG_1979.JPG

 

IMG_1980.JPG

 

IMG_1981.JPG

Espero que esta tenha sido a primeira de muitas viagens da mala da Vi! 

 

 

 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D