Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Melhor Amiga da Barbie

Rubrica RFM - Top 5 - Dicas Para Mudar Hábitos Alimentares.

09.05.19 | Ana Gomes

257d5e84352ab5c71d23aafcfacd93af.jpg

 

 

 

Por esta altura do ano - e por causa da chegada do Verão - há muita procura de informação sobre estilos alimentares. Na verdade a grande maioria das pessoas quer uma dieta milagrosa que as ajude a perder algum peso... mesmo a tempo dos dias de praia!  Eu acho que devemos sempre fazer mais e melhor por nós - naturalmente - e defendo que deveríamos adoptar um estilo de vida saudável o ano inteiro! Mas se a vossa opção é começar agora, óptimo! Aproveitem e levem estas 5 dicas convosco! 

 

5 - Faz Listas de Compras. 

As mudanças de hábitos alimentares implicam, regra geral, que tenhamos de comer coisas diferentes daquelas que temos em casa. E passam por uma visita mais prolongada ao supermercado, já que muitas vezes até introduzimos novos alimentos que não nos são tão familiares. A melhor regra para não comprometer logo de inicio essa mudança é ter uma boa lista de compras, e usar algum tempo no supermercado para tentar fazer as melhores escolhas e ter uma dispensa cheia de coisas boas e... livre de desculpas! 

 

4 - Encontra a tua nova "fast-food". 

Muitas vezes a famosa "fast-food" está associada aquelas momentos em que estamos cansados, esgotados e não nos apetece cozinhar... sendo que nos apetece alguma coisa que nos "delicie". Dá pouco trabalho e dá uma sensação momentânea de conforto. A melhor dica é que possam encontrar uma espécie de fast-food alternativa. Por exemplo : se é a pizza que vos enche o coração, experimentem cozinhar uma pizza em casa com uma base alternativa, ou escolham uma massa fina, com mais vegetais e menos molho. Se procuram algo mais crunchie, troquem as batatas fritas por vegetais crus! 

 

3 - Ouve o teu corpo. 

Há alimentos que não são os melhores para nós. E outros que não funcionam assim tão bem com a maioria das pessoas mas não constituem um problema para nós. É importante - mais do que copiar a alimentação de outra pessoa - que consigamos ouvir o nosso corpo e perceber como funcionam os alimentos connosco.  Se ficamos mais inchados, se sentimos a digestão muito pesada, se ficamos enjoados. Geralmente os sinais estão sempre lá. 

 

2 - Aprende a Ler Rótulos!

É uma das ferramentas mais poderosas para sabermos exactamente o que estamos a ingerir. Muitas vezes a embalagem remete para um produto saudável - ou de acordo com aquilo que procuramos numa primeira análise - e ao ler o rótulo percebemos que não é bem assim. Há muita informação disponível online e podemos facilmente aprender a ler rótulos! :) 

 

1 - Usem as Redes Sociais. 

Estamos numa época em que a inspiração pode vir de todo o lado. E ainda há coisas boas nas redes sociais, as receitas são uma delas! Hoje em dia há uma série de páginas de instagram e hashtag que fazem a delicia de quem adora programas de culinária, são receitas infinitas, adaptadas às mais variadas restrições alimentares e que fazem tudo parecer mesmo muito fácil! Basta que comecem a procurar e vão entender como temos a vida facilitada... bom... pelo menos no que à inspiração diz respeito. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.