Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Melhor Amiga da Barbie

23
Ago16

Escrever sobre Lisboa - Revista de Turismo de Lisboa.

Ana Gomes

image.jpeg

Sou alfacinha de gema. E Amo a minha cidade. São coisas que não se explicam. Não há nada de errado em não sentir paixão pelo sitio onde se vive. Mas eu sinto.

Acreditem que regressar aqui, depois de quase 2 meses fora, foi um bálsamo. Não posso dizer que tenha sentido saudades. Ou por outro lado que tenha deixado de apreciar enquanto aqui estive : nada disso. Mas cada vez que  volto a descer a mesma rua de todos os dias é como se enchesse o peito de ar e fosse uma alegria imensa.

 

Antes de me ir embora na viagem fui desafiada a escrever um pequeno texto sobre Lisboa para a Revista de Turismo de Lisboa. Já foi publicado e partilho-o hoje convosvo :  

 

"Escrever sobre Lisboa é um exercício difícil. 

Quando me ponho a pensar na minha cidade penso sempre naquele discurso das mães "apesar das noites mal dormidas é o Amor da minha vida. 

E é assim a minha relação com Lisboa. A mesma de uma mãe babada que tem muita dificuldade em aceitar que também podem haver defeitos. Tenho a sorte de viver no coração da cidade, por brincadeira digo que, o Adamastor - aquela varanda maravilhosa que se estende para o rio - é o jardim lá de casa. E se Lisboa é maravilhosa vista de fora, nem queiram imaginar o que é sabê-la por dentro. Nas ruas misturam-se várias culturas e está bem de ver que cada bairro tem a sua vida própria. Não acreditam? Experimentem dizer a alguém de Alfama que é da Bica ou vice-versa e sintam o pulsar do sangue de um verdadeiro bairrista.  Cada bairro é uma aldeia e ainda se vão conhecendo os vizinhos e o senhor do café. Bom... a minha Lisboa ainda é assim. E há que lhe conhecer as manhas : o verdadeiro Alfacinha sabe que mal Junho se aproxima não há janela que se abra. O risco?  Bom... Junho cheira a Sardinha assada e convém saber lidar com isso. Lisboa ainda é envergonhada, mas começa a perder o medo : já se vende, já se valoriza. E se há monumentos que fazem, há muito, parte do circuito turístico, há outros que começam agora a ser revelados: a gastronomia, as colinas, os miradouros e até a arte urbana. 

É bonito ver Lisboa cheia de turistas, digam o que disserem, isso enche-me de orgulho. As praças estão cheias de gente, há música pelas ruas, enfeitamos as montras com outro orgulho e até vivemos as margens do rio com medo que nos roubem a paisagem. 

Ser de Lisboa é conhecer o melhor tasco e o restaurante mais cool, conhecer o melhor bailarico e saber que as boas noites se dançam no Lux. Conhecer pelo menos 3 centros comerciais e saber onde se compram os melhores achados vintage. Ser de Lisboa é ver o Castelo ao longe e provavelmente não lá ter entrado. Ser de Lisboa é viver em escassos metros quadrados para não trocar de código postal. 

Eu não sei ser de outro lugar que não Lisboa. E sei que por muito que viaje me basta fechar os olhos e recordar o momento exacto em que, ao descer a Rua da Misericórdia no Chiado, se começa a avistar a primeira nesga de rio lá ao fundo. "

 

Lisboa, Junho 2016 

 

 

Publicações Turismo de Lisboa. 

23
Ago16

Receita : Bites Congelados de Iogurte.

Ana Gomes

mix1-frozen-greek-yogurt-bites-recipe.jpg

 

Adoro cozinhar. 

A sério... quando era pequena passava horas na cozinha a inventar bolos, a transcrever receitas, a ver revistas e livros de culinária. 

Acredito que a minha Mãe tenha ficado tão triste como eu quando percebeu que tinha deitado o meu caderno manchado de açúcar e massa de bolo para o lixo. 

Ainda não me dediquei a tirar fotos das minhas receitas ( espero chegar lá ). Assim sendo "roubei" estas fotos do pinterest. O que são? "Bites" de Iogurte Congelados. 

 

Sabem tão bem como aparentam e são um snack (lanche ou sobremesa) docinho e fresco.

A receita não é minha mas foi adaptada por mim! :) 

 

Ingredientes : 

2 chávenas de Iogurte Grego (ou outro iogurte à escolha, o facto de ter alguma gordura ajuda a que o resultado final seja mais cremoso);

4 colheres de mel;

2 colheres de óleo de coco;

1/3 de chávena de granola

1 taça de mirtilos, framboesas ou mistura de frutos vermelhos

Sementes de chia e pedaços de chocolate negro para topping

 

Misturar todos os ingredientes numa taça ( menos as sementes de chia ) com o cuidado necessário para não "esmagar" a fruta.

Dispor a mistura em pequenas formas de muffins ( caso tenham um bom congelador que possa levar um tabuleiro ) ou numa recipiente de silicone para fazer cubos de gelo.  Colocar algumas sementes de chia e os pedaços de chocolate negro como topping.

Congelar durante 3 horas.

 

Depois de retirar do congelador aguardar alguns minutos e retirar das forminhas. 

Podem ser conservados no frigorífico durante algumas horas mas idealmente devem ser consumidos num curto espaço de tempo. 

( Vai ser tão difícil resistir que não irá ser necessário preocuparem-se com a conservação ). 

 

 

FG-frozen-greek-yogurt-bites-recipe.jpg

 

Bom apetite;) 

 

 

 

22
Ago16

Rocker Bailarina! -Stradivarius-

Ana Gomes

Imagem Bailarina.jpg

 

As novas colecções já estão nas lojas e é óbvio que já começamos a "projectar" a próxima estação.

Se o imaginário das "bailarinas", os tules e as sabrinas vos agradam, a Stradivarius tratou de criar uma colecção completamente alinhada com este estilo.

 

Acho este estilo feminino super bonito! Ainda assim adoro a ideia de o misturar com peças menos "delicadas", cores menos óbvias ( adoro estas peças em preto ) e o biker jacket em rosinha então é de sonho! O que podemos perceber? Os bomber jackets continuam em alta nesta estação, óptima noticia para quem investiu num. 

 

Deixem-se inspirar pela imagem da campanha e deixo-vos as minhas peças preferidas desta colecção:  

 

stradivarius.001.jpg

stradivarius.002.jpg

stradivarius.003.jpg

 

21
Ago16

Fast-Food Nutritiva ou Tosta de Ovo e Abacate.

Ana Gomes

image.jpeg

 

Está sem dúvida no Top das minhas "fast-food" preferidas: tosta de abacate com ovo.

Idealmente com ovo escalfado ( mas como é o mais "complexo" de executar também vale com ovo estrelado em óleo de coco ou uns ovos mexidos simples ) .

 

O meu truque para escalfar ovos? Colocar um ovo em papel aderente, fazer uma espécie de trouxinha e colocar em água a ferver durante 4 minutos: nunca falha!

Enquanto isso torra-se uma fatia de pão de centeio, tempera-se o abacate com pimenta preta, barra-se no pão e quando o voo estiver pronto colocam-se umas pedrinhas de sal e compõe-se a tosta.

Na versão prática o abacate é esmagado numa pasta, na versão "bonita" é cortado em meia-lua e disposto com delicadeza por cima da tosta! A gema quer-se, sempre, quente e espalhada no prato. É desfeito que este prato é bonito. 

 

É domingo: já me rendi a um sumo nutritivo ( uso os da INIU que me poupam imenso tempo ) e a uma galete de milho com manteiga de amendoim. Mas fiz mal... Agora vou passar o dia a salivar por uma "avocado toast".

19
Ago16

Rubrica RFM - Regresso Ao Trabalho!

Ana Gomes

Estou de volta à RFM depois da grande viagem! 

Confesso que estava com imensas saudades (a verdade é que passei aqui logo no dia em que cheguei ). 

 

Se as vossas férias já terminaram ( como as minhas e as da Joana ) este post é para vocês! Se já nem se lembram das vossas férias... tentem fazer um reset e usar algumas destas dicas no fim-de-semana ;) 

 

Já se sabe que o regresso ao trabalho pode estar associado a alguma ansiedade. Afinal de contas vamos regressar à rotina, abdicar da boa onda dos dias de férias e do nosso estilo pessoal e relaxado (não descuidado) com que nos podemos vestir todos os dias sem os condicionamentos laborais. 

 

escritorio.jpg

 

 

97962fc0fe45fa655daf77b43ca77833.jpg

 

A primeira dica - e para ser aplicada quanto antes - está relacionada com as horas de sono! Para evitar a neura e as quebras de energia comecem já a antecipar a hora da dormida. Tentem-se levantar cedo - bom... não é necessário que seja tão cedo como nos dias de trabalho - e aproveitem para resolver questões práticas! Assim regressar ao horário de trabalho será mais fácil! 

 

Se durante as vossas férias faziam caminhadas não planeadas - por exemplo aquela voltinha normal depois de jantar - aproveitem essa rotina e regressem ao ginásio ou às caminhadas ao final do dia. 

 

Separem a roupa "de trabalho" - assegurem-se que está limpa e passada. Nestes primeiros dias pode ser difícil largar as havaianas... escolham sandálias rasas, ou sapatos mais frescos ( no caso dos homens ). Camisas e calças de linhotops estampados, peças de sarja. Escolham roupas que se adequem ao vosso ambiente de trabalho mas que ainda não vos façam sentir completamente "presos".

 

The-Backseat-Stylers-for-Flare-Work-Style-Feature-

3c54eaa69ac050f22565da2b0fcb3323.jpg

 

7f239f002d2d6c863f8dd4aa189c2c3a.jpg

 

black_coat_street_style_ladyaddict_levis_vintage.j

 

d20bfdcd926f15462eea32c241d8f62a.jpg

 

h-sjp-collection-sister-floral-coral-pink-bow-pump

 

images.jpeg

 

milan-fashion-week-mfw-street-style-model-off-duty

 

asos-mw-dd-summer-shirts-1.jpg

 

Back-to-work2.jpg

 

 

 

Picture44-640x480.jpg

 

 

victoria-beckham-rtw-ss2013-runway-14_134936234327

 

Antes do regresso ao trabalho marquem manicure, pedicure e cabeleireiro! Importa reparar os estragos do Verão! Se possível marquem uma massagem revitalizante ou relaxante. O vosso corpo vai agradecer os mimos extra e isso vai-se reflectir na confiança e segurança com que encaram os dias "difíceis" que se avizinham. 

Remedial-Massage.jpg

 

Tentem não se concentrar na melancolia própria dos ultimos dias de férias. Marquem programas com os amigos, usem o tempo para ir ás compras, preparem o frigorifico para as marmitas, vitaminem-se e divirtam-se! 

 

Se o regresso custar muito... comecem já a planear as próximas férias! 

work-vacation-policy-pop_3122.jpg

18
Ago16

Cadernos de Viagem By American Tourister. Viagem a Oriente - 7

Ana Gomes

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

image.jpeg

 

Hoje chego a esta última parte dos Cadernos de Viagem! 

Sim.. como sabem já estou em Portugal e ainda meio confusa ( um mês e meio fora e uma vida tão diferente têm uma recuperação particular ). 

 

Nos últimos dias de férias praticamente não tirámos fotos : a verdade é que choveu copiosamente TODOS os dias. Ainda tentámos alugar um carro mas não devemos ter sido os únicos a ter essa ideia, já que os carros mais "simples" estavam esgotados e só existiam opções caríssimas disponiveis. 

 

Ficámos pelo lobby do hotel ou pelo restaurante em cima do mar a trabalhar. Os dois computadores ligados, a internet a bombar e lá começámos a regressar à vida real. Num dos dias ainda alugámos uma mota e arriscámos ir até Krabi. Apanhámos uma celebração local e por isso 90% do comércio estava encerrado. Ao Nang pareceu-me muito mais giro do que Krabi Town, o que me deixou satisfeita com a escolha que fizemos! Fizemos duas paragens em dois templos diferentes : Tiger Temple ( maravilhoso ) e o Wat Kaew que fica mesmo no topo de Krabi Town. Quando estávamos a regressar percebemos que ia começar a chover muito e decidimos parar num Tesco enorme que há no caminho para nos abastecermos de DVDS ( vimos TANTOS filmes durante a viagem! ) e para não apanharmos uma molha tremenda de mota. 

 

Caso tenham à vontade a conduzir vale mesmo a pena alugar mota para ir de Ao Nang para Krabi Town ou vice-versa. Um táxi custa 500 bahts por trajecto, a mota custa 200 bahts por dia! 

 

No último dia em Ao Nang, e apesar da chuva ininterrupta, decidi ir ao mar. Confesso que estava mesmo desanimadas nos últimos dias. Aqueles mergulhos souberam-me pela vida! Éramos os únicos na praia, apesar das esplanadas dos restaurantes estarem cheios, e eu parecia uma criança feliz aos pulos no mar. Valeu mesmo a pena : o mar é terapêutico! Fui beber a minha última água de coco e fazer a mala que no dia seguinte tínhamos voo às 7 da manhã. 

 

Passámos o último dia da viagem em Banguecoque. Reservámos mais uma noite na guest house onde tínhamos ficado anteriormente ( A&A na Rambuttri ) e onde tínhamos deixado a restante bagagem. Aproveitámos para ir a alguns centros comerciais mais virados para a eletrónica e percebemos que contrariamente ao que achávamos as compras não valem a pena. Há produtos em que os preços são ainda mais caros! Ainda assim decidi arranjar o monitor do meu IPAD que se tinha partido há mais de um ano. 30€ e duas horas depois estava como novo! 

 

Fizémos também a nossa ultima Thai Massage ( maravilhosa ) e estava tão cansada que nem consegui jantar. Em contrapartida bebi o melhor chá de gengibre da minha vida! Picante e reconfortante. No dia seguinte esperava-me mais um voo bem cedo e muiiiiiitas horas de voo. 

 

Amei esta viagem. Venho com uma energia boa, inspirada e feliz com a decisão. Acima de tudo estou grata por ter podido fazer esta viagem!

 

Gastei bastante dinheiro : mas importa entender que foram quase 2 meses, a dormir sempre em hoteis ( e nunca em camaratas ) e a fazer TODAS as refeições fora de casa. Praticamente não fiz compras : trouxe uns souvenirs, umas camisas, uns brincos, alguns produtos de beleza, e dois vestidos. 

Um bom conselho que podem levar é este: não vale a pena levar muita roupa! Há lavandarias em todo o lado e é mesmo muito barato lavar a roupa! Poderia ter levado metade das coisas que levei. Claro que também há a questão de querermos variar a roupa que usamos mas sinceramente uns acessórios podem bem resolver o problema ;) 

Os voos não foram baratos : fomos pela Emirates, fizemos apenas uma escala pequena entre os voos ( tirando os que fizemos para a Indónésia - fomos pela Air Asia e em dias diferentes ). Fizemos várias viagens dentro de ambos os países ( na Indónesia sempre de Táxi, Barco, Mota ou Uber - uma aplicação ainda mais polémica por lá do que por cá acreditem ) e na Tailândia barco ou avião ( novamente pela Air Asia ). 

 

Escolhemos 90% dos alojamentos pela aplicação AGODA. Sempre usei o Booking... mas falaram-me da AGODA e de facto tinha sempre melhores preços e mais opções! Fica a dica. 

 

Houve outras duas aplicações que foram fundamentais : O maps.me - que é um mapa que é descarregado online e funciona sempre offline com uma precisão incrivel : nunca nos falhou ( apesar de consumir IMENSA bateria ). E claro... o Spotify Premium com horas infinitas de música mesmo quando não tinha bateria ). 

 

Quando me perguntam se gostei mais da Tailândia ou de Bali : não consigo responder. ADOREI estar nos dois sitios. Na minha opinião a Tailândia ( e só estive em Bangecoque e em Krabi ) é mais metropole, tem um consumo desenfreado, uma cultura louca e praias paradisiacas. Já Bali tem uma doçura que cola, uma convivência bonita com vários inputs comerciais e está completamente direccionada para o surf! Também existem praias de postal ( as famosas Gilli ou Nusa Lembongan ) e valem sem dúvida a visita. 

 

Se tiverem dúvidas não hesitem! É óptimo poder partilhar a minha viagem convosco! 

 

Não tenho planos de viagens para breve. Mas tenho uma série de destinos debaixo de olho ;) 

E vocês?

 

*Estes cadernos de viagem foram escritos com o apoio da American Tourister.

 

Podem saber mais sobre a marca nas seguintes plataformas : 

Facebook;

Instagram;

Loja Online;

Ou nos hashtags : #AmericanTourister #MyAtStyle 

 

 

 

PUB

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia

Playlist Spotify

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D